Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘laranja’

www_zdrowyprzedszkolak_org2

zdrowyprzedszkolak.org

smireles.huppage.com

artofthehome

artofthehome

inmagine_com

inmagine.com

mojafirma.infor.pl

mojafirma.infor.pl

sodazitron.blogger.de

sodazitron.blogge.de

sodazitron.blogge.de

finedininglovers.com

finedininglovers.com

Atenção! Não deixem que crianças menores coloquem os cravos dos enfeites na boca.

Gestantes também devem evitar essa especiaria;

Cravo

Historia: Os cravos-da-índia possuem uma longa história de uso culinária e medicinal.

O nome científico antigo deriva da palavra grega “karyophyllon” que significa “folha-noz”.

Da China vem a primeira indicação do uso do cravo-da-india como condimento, remédio e elemento básico para elaboração de perfumes especiais e incensos aromáticos.

Era então conhecido por “ting hiang” e na dinastia Han (206 a.C. – 220 d.C.) seus frutos foram levados para a corte do imperador por enviados da ilha de Java. Conta-se que os próprios javaneses mantinham um pequeno fruto na boca para melhorar o hálito, antes de ir falar pessoalmente com o imperador.

Para que serve o Cravo da Índia

Propriedades medicinais: Afrodisiaco, antisséptico, bactericida e digestivo, excitante, repelente de insetos, sudorifico.

Indicações : Dor de dente, gases, higiene bucal, micose da unha, vermes e vias respiratorias.

Principios Ativo : Eugenol, acetato de eugenol, beta-cariofileno, ácido oleânico, triterpeno, benzaldeído, ceras vegetais, cetona, chavicol, resinas, taninos, ácido gálico, esteróis, esteróis glicosídicos, kaempferol e quercetina.

Modo de Usar :

O cravo-da-índia é um condimento versátil que pode ser usado tanto em pratos doces como em pratos salgados. É normalmente empregado no preparo de caldos, ensopados, doces, pudins, bolos, tortas de maçãs, pães, vinhos e ponches quentes e licores.

O eugenol, presente no óleo essencial, tem ação bactericida, o que o torna útil para preservar e prolongar a validade de compotas e conservas. Em alguns países, costuma-se introduzí-lo juntamente com dentes de alho dentro de pernis e presuntos. Na Europa, é muito usado para condimentar carnes e salames. Já no Brasil, o cravo-da-índia é usado mesmo para pratos doces, hábito adquirido da nossa colonização portuguesa.

Usado em loções e vaporizações para limpeza da pele do rosto, em produtos de higiene bucal para fazer assepsia e promover um hálito agradável, em banhos de imersão aromáticos e águas perfumadas. É também eficaz no combate à acne. O óleo pode ser usado para massagear músculos doloridos, para suavizar estrias e é eficaz no tratamento de unhas quebradiças, rachadas ou fracas e de calosidades.

Usado na elaboração de pomadas para remoção de verrugas. Ainda na forma de pomadas e cremes, alivia a coceira e o inchaço das picadas de inseto. É também utilizado em xampus e loções capilares que limpam e auxiliam o crescimento dos fios.

 Leia mais:
Plantas que curam (Prof. Silvio Panizza)

E veja aqui:
Pão Papai Noel

Montando a árvore de Natal

Decorações Comestíveis de Natal

Read Full Post »

Esta, com certeza, é a mais popular das vitaminas.

Representante ativa do grupo é popular por fortalecer o sistema imunológico e ser antiinflamatória em casos de gripes e resfriados. Isso sem falar que também colabora no crescimento dos dentes, ossos, gengivas, ligamentos e vasos sanguíneos e na absorção de ferro.

Sua carência pode causar sangramento das gengivas, riscos da queda de dentes, perda de apetite, fraqueza muscular, hemorragias, anemia e cicatrização lenta.

Quase todos os alimentos frescos que conhecemos possuem vitamina C. Veja só: Brócolis, couve-flor, couve, espinafre, tomate, limão, morango, mamão, melão, laranja, fígado, batata doce, cebolinha, salsa, coentro, agrião, goiaba, manga, tomate, uva, pinha, pimentão, repolho, aspargos, peixes, kiwi, acerola, caju, graviola, abacate, abacaxi, ameixa, banana, castanha, coco, figo, cebola, alho

Cuidado com a ingestão contínua de pílulas de vitamina C, achando que esta vitamina se perde no xixi. Não é bem assim…

Excesso de vitamina C no organismo, dessas em cápsulas, artificiais,  pode prejudicar o estômago, causando alergias, gastrite, ou refluxo, devido ao acumulo de substâncias ácidas. Repare no rótulo dos alimentos industrializados que possuem ácido cítrico, utilizado como conservante.

****Para gripes e resfriados:

Chá de limão com alho, e outros horrores da medicina popular, podem ser excluídos do mapa. Também dá para substituir por algo mais gostoso e saudável que medicamentos açucarados.

Se não for cabeça dura, vai entender por quê a alimentação baseada em produtos frescos é melhor, e etc., e descobrir que “comida de doente” é a que ingerimos sem saber do que é composta. E ainda tem quem acredite que vitamina C só pode ser consumida através de cápsulas…

Conheça algumas opções: entre as campeãs no ranking da vitamina C, está o Camu camu, originário da floresta Amazônica (Amazônia, Rondônia, Peru, etc), com 2880 mg da vitamina em cada 100grs. A seguir, a acerola, ou cereja das Antilhas, que veio da vizinha América Central. Há pouco tempo, foi realmente descoberta também ao sul do Equador. Possui 100 vezes + vitamina C que a laranja e o limão, 20 vezes mais que a goiaba, e 10 vezes mais que o caju e a amora.

Atualmente, é bastante cultivada em diversas regiões brasileiras, principalmente o norte e o nordeste. Tanto sua polpa como a do camu camu são utilizadas em sucos, sorvetes, vinhos, licores, doces e pastilhas de vitamina C.. Veja a composição: além da famosa vitamina, têm também muita fibra, cálcio, ferro, niacina, fósforo e proteínas.

E o caju, abundante na região Nordeste, vem em segundo lugar, com vitamina C para dar e vender, assim como a goiaba, a manga e o mamão. Na verdade não é fruta, e sim o pedúnculo que cresceu demais. A fruta é a castanha.

Como a badalada laranja, a ingestão de todos merece cautela. Limão, nem precisa dizer. Tudo devido ao ácido cítrico, que machuca estômagos sensíveis. Agora, aproveite bem os temperos verdes. Use ao natural. Pique e jogue por cima da comida e usufrua de clorofila, de nossa amiga tão comentada e sais minerais á vontade.

O excesso de vitamina C, ao contrário do que se diz, não é totalmente eliminado na urina. Se o limite de dosagem diária for ultrapassado, pode causar problemas como diarréia, gases, refluxo gastro-esofágico e cálculos renais.

 Frutas cítricas como laranja, limão, tangerina, abacaxi, acerola, etc., possuem altas quantidades de ácido tri-carboxiílico, o notório ácido cítrico. São conhecidas produtoras de energia, mas também de forte acidez estomacal.

O mais importante é ter na cabeça as vitaminas que realmente colaboram nos períodos de convalescença e recuperação, e fazer uso delas através dos alimentos. As vitaminas A e C, o zinco e os bioflavonóides, são essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico, e devem fazer parte de todo cardápio que visa o restabelecimento da saúde.

Os suplementos são feitos para agradar ao paladar das crianças, seu principal alvo consumidor. Por isso, contêm açúcar refinado ou adoçante artificial.

Para proteger o estômago, o ideal é tomar os suplementos com ele cheio, no final das refeições.

Fonte: Guia de Alimentação Infantil – com dicas de cuidados para crianças especiais. Guimarães, N. Ed Groud, 2003.

Read Full Post »