Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Vitamina C’ Category

jackfruitMuito apreciada por vegetarianos e veganos como substituta da carne de animais, a jaca é rica principalmente em magnésio e manganês, um pouco de ômega 3 e ainda vitaminas A e B6 (Piridoxina), auxiliar em tratamentos de anemia ferropriva.

Estudos realizados na Índia comprovaram que compostos bioativos encontrados no extrato de raiz da jaca curam asma, problemas de pele como dermatites e envelhecimento, diarreia, febre e úlcera.

Suas folhas colaboram em tratamentos de diabetes tipo 2, e possuem forte ação antibacteriana e antifúngica.

Resistente às pragas e mudanças climáticas, essa fruta trazida da Índia para o Brasil, no século XVIII, pode ser consumida em preparações doces ou salgadas.

Jaca (100 g)
Kcal 87 kcal
Proteinas 1,4 g
Carboidratos 22,5 g
Vitamina C 14,8 mg
Magnésio 40,1 mg
Manganês 0,5 mg
Cálcio 11,3 mg
Fibras 2,4 g

Os dois nutrientes em maiores teores na jaca são magnésio e manganês.

O magnésio é excelente para o aproveitamento do cálcio, além de regular sódio e potássio no organismo.

Previne a formação de radicais livres, câimbras musculares, estresse, e também é auxiliar no tratamento de asma e bronquite.

Participa ainda na transmissão de impulsos nervosos, auxiliando o bom funcionamento cerebral, especialmente a memória.

          Magnésio
07 a 11 meses 53 mg/dia
01 a 03 anos 60 mg/dia
04 a 06 anos 73 mg/dia
07 a 10 anos 100 mg/dia

 

 

Já o manganês participa da formação óssea e de tecidos conjuntivos e reprodutores.

Quando em falta, pode ocasionar em perda de peso, dermatite, náuseas e vômitos.

Por outro lado, seu excesso pode acumular no figado, afetar o sistema nervoso central e aumentar sintomas em portadores do mal de Parkinson.

             Manganês
07 a 11 meses 0,6 mg/dia
01 a 03 anos 1,2 mg/dia
04 a 06 anos 1,5 mg/dia
07 a 10 anos 1,5 mg/dia

 

Receitas

Soube do preparo de “carne vegetal” com jaca através de uma querida amiga vegetariana, a Ana Luisa Fernandes.

A receita foi postada originalmente na comunidade Receitas vegans/vegetarianas, em 2006. Mas há muito mais tempo os preparos com jaca são conhecidos na Índia e Europa.

De lá para cá, muitas outras versões surgiram, e a jaca passou a ser protagonista de inúmeros preparos culinários.

jackfruit_myeasycook“Carne” de jaca verde

01 jaca verde pequena
Temperos diversos

Descasque a jaca.
É aconselhável passar óleo nas mãos e na faca a ser utilizada
Corte as bagas em rodelas finas
Cozinhe com água e sal até ficar macia.
Utilize panela de pressão

Desfie e tempere para utilizar como recheio em empadas, pastéis, coxinhas, risoles, tortas, etc.

Pode substituir carnes como de peixes, em moqueca, ou de frango, em estrogonofe.

No Come-se, tem uma saborosa receita do Curry de jaca verde.

Forçando a criatividade, podemos preparar também molhos para macarrão e outras massas, coberturas para pizza, recheio de esfihas, pães ou bolinhos e ainda incrementar saladas.

Purê de jaca
(essa receita é preparada como papinha de bebês na Índia)

Processe bagas maduras com 1/4 de limão
Acrescente fava de baunilha se desejar

jackfruit4Geleia de jaca

1 xicara de bagas sem sementes para processar
+ 1/2 xicara bagas em cubos
Suco de 2 limões
raspas de casca de limão

Coloque a primeira xícara de bagas no liquidificador
Acrescente suco de 1 limão
Bata bem

Coloque em uma panela e misture com as raspas da casca de limão
Misture e leve ao fogo baixo
Mexa e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos
Acrescente as bagas em cubos e açúcar mascavo
Mexa e deixe cozinhar por cerca de 20 minutos
Deixe esfriar
Coloque em recipientes de vidro esterilizados

Farinha de jaca

Separe as sementes
Cozinhe e deixe esfriar
Coloque para torrar em forno preaquecido ou forno solar
Moa assim que esfriar

Guarde em recipiente esterilizado
Pode ser utilizada em receitas diversas

jackfruiticecreamSorvete de jaca

Esse sorvete é incrivelmente gostoso!!
1 xícara de bagas maduras
1/2 xícara de leite de coco ou leite de jaca
2 bananas maduras ou 6 castanhas do pará ou de caju*
*Colocar as castanhas em água morna, desprezar a água. Repetir.
Suco de 1/2 limão

Bata todos os ingredientes até formar um purê
Leve ao congelador
Sirva com pedaços de frutas ou coco ralado.

Jaca chips

Corte as bagas em tirinhas finas, após cozinhar em água com sal ou açúcar mascavo
Espalhe em uma assadeira
Leve ao forno preaquecido

E para beber?

Faço bebidas com jaca madura, que são deliciosas, e dispensam o açúcar ou outros adoçantes. Experimentem!

“Leite” de jaca

1 xicara de bagas de jaca madura
1 xicara de água ou água de coco

Bata por 3 minutos.
Utilize no preparo de outras receitas, para substituir o leite de vaca.

jackfruit_foodspotting_comBebida cremosa de jaca com banana

1 banana média
1/2 xícara de jaca picada (madura)
Baunilha em fava
1 folha de couve picada
1 xícara de água de coco

Bata todos os ingredientes até consistência cremosa.

Atenção

1. Sementes da jaca não devem ser consumidas cruas, pois podem causar intoxicação.

Cozinhe ou asse antes de consumir. Não ofereça para crianças pequenas.

2. Pessoas que consomem medicamentos anticoagulantes, aspirina, ibuprofeno, varfarina, heparina não devem consumir jaca, especialmente sementes, pois ela possui substâncias que colaboram com a coagulação do sangue.

Fontes Bibliográficas

Jaca e seus muitos componentes funcionais relacionados à saúde humana: uma revisão. Shrikant Baslingappa Swami; NJ Thako. In: OnlineLibrary

Anúncios

Read Full Post »

um BOLO SEM LACTOSE

Ingredientes

2 limões grandes (suco e casca)

1 ½ xícara farinha de trigo

1 xícara açúcar

1 colher chá bicarbonato de sódio

6 colheres sopa óleo de azeite

1 colher chá vinagre de maçã

1 colher chá baunilha em fava

Água

Modo de fazer

Preaqueça o forno

Coloque a farinha, o açúcar e o bicarbonato de sódio em uma tigela e misture.

Rale a casca de um limão.

Esprema o suco dos 2 limões e adicione água até 200 ml.

Despeje essa limonada na tigela com os ingredientes secos.

Adicione óleo de azeite, baunilha em favas e o vinagre de maçã.

Misture bem.

Coloque na forma untada e leve para assar por cerca de 25 minutos.

uma LIMONADA

Ingredientes

6 limões
3 laranjas lima
1 litro de água
açúcar á gosto

Reserve 1 limão e 1 das laranjas
Corte o limão e a laranja reservada em fatias finas.

Esprema o suco das frutas. Adicione água e açúcar. Acrescente as fatias e gelo.

Misture bem.

** Experimente fazer a limonada com outros sabores misturados como limão com hortelã, abacaxi, morango, framboesa, etc.
** Para fazer limonada suíça bata  o limão no liquidificador até ficar cremoso.

CUBOS DE GELO

1) Corte o limão em fatias finas ou cubos

Coloque em formas de gelo

Leve ao freezer por algumas horas.

2) Faça um suco de limão, coloque nas formas de gelo, leve ao freezer.

SORVETE VEGAN 

Ingredientes

1/2 xícaras de água
1 1/2 xícara de açúcar
2 colheres de sopa de raspas de limão
5 colheres de sopa de suco de limão
Folhas de manjericão (24)
Folhas de hortelã (12)

Modo de fazer

Misture a água, o açúcar, as raspas de limão e o suco de limão em uma panela pequena.

Leve ao fogo até ferver e o açúcar começar a caramelizar.

Adicione o manjericão e o hortelã. Deixe em infusão por 3 minutos.

Passe essa calda por peneira de malha fina. Deixe esfriar. Leve ao congelador.

Se tiver máquina de sorvete, siga as instruções do fabricante á partir daqui.

Se não tiver a máquina, retire do freezer após 1 hora, e bata no liquidificador.

Repita o mesmo processo mais 3 vezes.

TORTA DE LIMÃO sem lactose

Massa:

2 1/4 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara  de óleo de coco, margarina vegan ou óleo de palma
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de açúcar demerara ou mascavo
Água gelada

Faça um monte com a farinha e abra um buraco no meio. Acrescente os ingredientes aos poucos, mexendo suavemente. Coloque a água aos poucos até atingir a textura adequada.

Corte a massa em 3 pedaços e envolva em filme plástico. deixe na geladeira enquanto prepara o recheio da torta.

Recheio

¼ xícara de amido de milho
2 xícaras de leite vegetal (arroz, aveia, amêndoas) com baunilha (ou o de uso)
2/3 xícaras de açúcar granulado ou cristal
¼ xícara e mais 2 colheres de sopa de suco de limão
1 ½ colheres de sopa de casca de limão ralado
1 ½ colheres de chá de suco de 1 limão
1 colher de chá baunilha (essência ou fava)


Modo de fazer

Misture o amido de milho com 3 a 4 colheres de sopa do leite vegetal  e o açúcar. Leve ao fogo sem deixar ferver.

Retire do fogo e coloque em uma tigela, misturando rapidamente o suco do limão e as raspas da casca.

Mexa até obter uma mistura lisa e sem grumos.

Coloque sobre a massa preparada e leve à geladeira por algumas horas antes de servir.

Para enfeitar, cubra com morangos ou outra fruta vermelha cortada de maneira criativa.

MAIS DO MESMO:

VITAMINA C

https://alimentosaudeinfantil.wordpress.com/2008/05/12/vitamina-c/

Read Full Post »

Esta, com certeza, é a mais popular das vitaminas.

Representante ativa do grupo é popular por fortalecer o sistema imunológico e ser antiinflamatória em casos de gripes e resfriados. Isso sem falar que também colabora no crescimento dos dentes, ossos, gengivas, ligamentos e vasos sanguíneos e na absorção de ferro.

Sua carência pode causar sangramento das gengivas, riscos da queda de dentes, perda de apetite, fraqueza muscular, hemorragias, anemia e cicatrização lenta.

Quase todos os alimentos frescos que conhecemos possuem vitamina C. Veja só: Brócolis, couve-flor, couve, espinafre, tomate, limão, morango, mamão, melão, laranja, fígado, batata doce, cebolinha, salsa, coentro, agrião, goiaba, manga, tomate, uva, pinha, pimentão, repolho, aspargos, peixes, kiwi, acerola, caju, graviola, abacate, abacaxi, ameixa, banana, castanha, coco, figo, cebola, alho

Cuidado com a ingestão contínua de pílulas de vitamina C, achando que esta vitamina se perde no xixi. Não é bem assim…

Excesso de vitamina C no organismo, dessas em cápsulas, artificiais,  pode prejudicar o estômago, causando alergias, gastrite, ou refluxo, devido ao acumulo de substâncias ácidas. Repare no rótulo dos alimentos industrializados que possuem ácido cítrico, utilizado como conservante.

****Para gripes e resfriados:

Chá de limão com alho, e outros horrores da medicina popular, podem ser excluídos do mapa. Também dá para substituir por algo mais gostoso e saudável que medicamentos açucarados.

Se não for cabeça dura, vai entender por quê a alimentação baseada em produtos frescos é melhor, e etc., e descobrir que “comida de doente” é a que ingerimos sem saber do que é composta. E ainda tem quem acredite que vitamina C só pode ser consumida através de cápsulas…

Conheça algumas opções: entre as campeãs no ranking da vitamina C, está o Camu camu, originário da floresta Amazônica (Amazônia, Rondônia, Peru, etc), com 2880 mg da vitamina em cada 100grs. A seguir, a acerola, ou cereja das Antilhas, que veio da vizinha América Central. Há pouco tempo, foi realmente descoberta também ao sul do Equador. Possui 100 vezes + vitamina C que a laranja e o limão, 20 vezes mais que a goiaba, e 10 vezes mais que o caju e a amora.

Atualmente, é bastante cultivada em diversas regiões brasileiras, principalmente o norte e o nordeste. Tanto sua polpa como a do camu camu são utilizadas em sucos, sorvetes, vinhos, licores, doces e pastilhas de vitamina C.. Veja a composição: além da famosa vitamina, têm também muita fibra, cálcio, ferro, niacina, fósforo e proteínas.

E o caju, abundante na região Nordeste, vem em segundo lugar, com vitamina C para dar e vender, assim como a goiaba, a manga e o mamão. Na verdade não é fruta, e sim o pedúnculo que cresceu demais. A fruta é a castanha.

Como a badalada laranja, a ingestão de todos merece cautela. Limão, nem precisa dizer. Tudo devido ao ácido cítrico, que machuca estômagos sensíveis. Agora, aproveite bem os temperos verdes. Use ao natural. Pique e jogue por cima da comida e usufrua de clorofila, de nossa amiga tão comentada e sais minerais á vontade.

O excesso de vitamina C, ao contrário do que se diz, não é totalmente eliminado na urina. Se o limite de dosagem diária for ultrapassado, pode causar problemas como diarréia, gases, refluxo gastro-esofágico e cálculos renais.

 Frutas cítricas como laranja, limão, tangerina, abacaxi, acerola, etc., possuem altas quantidades de ácido tri-carboxiílico, o notório ácido cítrico. São conhecidas produtoras de energia, mas também de forte acidez estomacal.

O mais importante é ter na cabeça as vitaminas que realmente colaboram nos períodos de convalescença e recuperação, e fazer uso delas através dos alimentos. As vitaminas A e C, o zinco e os bioflavonóides, são essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico, e devem fazer parte de todo cardápio que visa o restabelecimento da saúde.

Os suplementos são feitos para agradar ao paladar das crianças, seu principal alvo consumidor. Por isso, contêm açúcar refinado ou adoçante artificial.

Para proteger o estômago, o ideal é tomar os suplementos com ele cheio, no final das refeições.

Fonte: Guia de Alimentação Infantil – com dicas de cuidados para crianças especiais. Guimarães, N. Ed Groud, 2003.

Read Full Post »