Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Saúde’ Category

 

IMG_5462-fullCorte uma maçã ao meio

Ela será a base da árvore

Espete um palito no centro de uma das partes, com a casca voltada para cima.

Pegue uma cenoura e junte com a maçã

Espete pedaços menores de palitos ao redor da cenoura

Distribua as uvas ou cerejas em toda sua volta

Corte frutas em formatos natalicios, com auxilio de cortadores de biscoitos

Espete mais palitos.  Arrume conforme desejar.

e veja também:
Decorações comestíveis pra o Natal

 

RECEITA PÃO PAPAI NOEL (CLIQUE AQUI)

Anúncios

Read Full Post »

KEFIR é uma bebida produzida através da fermentação de grãos de micro-organismos vivos, assim como os iogurtes.

Diz a lenda que a tribo turca Karachay, habitante das montanhas entre a Europa Oriental e Ásia Oriental, foi agraciada pelo Criador com os grãos que deram origem a essa bebida quase mítica.

Com a dádiva, foram entregues algumas normas, como a doação dos grãos apenas ás pessoas honestas e de bom coração. Entre as tribos caucasianas do norte, vender Kefir era um pecado mortal.

Com isso, os segredos da origem dos grãos do Kefir se perderam no tempo, e sua disseminação pelo mundo iniciou-se apenas após 1867, data em que se registram suas primeiras aparições, distantes das tribos turcas.

Hoje, o Kefir é popular em vários países, onde é vendido em supermercados. No Brasil, contamos com a doação de grãos para a produção caseira da bebida.

PRODUÇÃO CASEIRA

Os grãos do Kefir multiplicam-se conforme são cultivados, e aumentam rapidamente.

Diferentemente do iogurte, fermentado apenas por lactobacilos, pode ser fermentado por cerca de 37 micro-organismos diferentes, incluindo as leveduras utilizadas na preparação de pães e cerveja.

Após o preparo da bebida, separa-se os grãos para novo cultivo (formação de mais Kefir), para ser consumido ao natural, ou misturado com frutas, mel e cereais, e também pode ser utilizado no preparo de receitas como substituto do leite ou iogurte.

O Kefir entra em estado de “hibernação” quando exposto á temperaturas abaixo de 10.° Por isso, pode ficar em hibernação, guardado em geladeira, caso deseje dar um tempo no cultivo ou consumo.


Saúde!

Segundo cientistas asiáticos e europeus o Kefir contém triptofano, cálcio, magnésio, fósforo, vitaminas B1, vitamina K, biotina e ainda garantem que possui vitamina B12 (devido ás suas origens remotas).

Argumenta-se que o ácido láctico presente no Kefir e demais bebidas fermentadas melhora o metabolismo geral, e o ácido carbônico diminui a irritação da mucosa estomacal, aliviando sintomas de colite, gastrite, rins e pulmões.

A bebida auxilia na saúde mental, colabora com a redução do peso, tratamento de diabetes e algumas alergias. Fortalece o sistema imunitário, normaliza a pressão arterial, regula o colesterol, é útil para pessoas com depressão e insônia, bronquite e aterosclerose. Pra terminar, também é desintoxicante.

Porém, pode ser contraindicado para pessoas com problemas hepáticos, devido á formação de etanol durante sua fermentação.

Segundo estudos europeus, descobriu-se que 1 litro de Kefir pode conter até 38 g de etanol  por litro após 7 a 10 dias de fermentação.

Para intolerantes á lactose, vegetarianos ou vegans o cultivo em água ou outra cultura fermentativa que não o leite de vaca é o mais adequado.

Fontes

Teor de etanol no kefir de água – Biblioteca Nacional de Medicina dos EUA – NCBNI

História do Kefir – Wikipedia

A Mágica do iogurte da moda – Iliana Dimitrova

Veja mais: Kefir (Receita Iogurte de kefir de coco)

Alimentos fermentados – Muito além dos iogurtes

Kefir – alimento probiótico

Read Full Post »

Bombom de Morango

1 1/2 xícara de chocolate meio amargo (barra ou gotas)

12 morangos grandes

1/4 xícara de chocolate branco

2 canecas de café (para ir ao micro-ondas)
1 saco de confeitar
1 folha papel manteiga ou forminhas de doces de festas
Coloque o chocolate meio amargo em uma das canecas de café.
Leve ao micro-ondas por cerca de 30 segundos.
Mexa e coloque de volta até que derreta o suficiente.
Mergulhe o morango na caneca, segurando pelas folhas, até pouco mais que a metade ou inteiro.
Coloque sobre a folha de papel manteiga.
Deixe secar por cerca de 15 minutos.
Pegue a outra caneca, adicione o chocolate branco. 
Leve ao micro-ondas. Mexa após 20 segundos, e coloque novamente no micro até derreter.
Se o chocolate branco não ficar bom o suficiente, acrescente algumas gotas de óleo de canola para auxiliar na textura.
Despeje no saco de confeitar, e decore os morangos cobertos com o chocolate escuro, conforme a ideia da foto acima, ou cubra totalmente com o chocolate escuro e decore desenhando com rostos, animais ou outro objeto.

Read Full Post »

Atualmente, distinguir os Organismos Geneticamente Modificados (OGM) do que é natural, orgânico, realmente funcional, não é tão complicado, mesmo que os rótulos não ajudem muito.

Com o constante crescimento na comercialização de soja, adivinhem o que fazem para otimizar os lucros?

Já comentamos anteriormente sobre Soja e aumento precoce das mamas, em meninas. E as suspeitas sobre o quanto a soja pode desencadear alergias, tanto quanto o leite de vaca.

E a dúvida para as mães de meninos só fez crescer.

Soja pode provocar puberdade precoce apenas em meninas? Como a soja vai atuar nos meninos?

Leia aqui: Ciência e Nutrição – outras palavras

Read Full Post »

AI QUE CALOR!!!

QUANTIDADE DE ÁGUA PARA BEBÊS E CRIANÇAS _ I

QUANTO DAR DE ÁGUA AO BEBÊ? E PARA CRIANÇAS MAIORES?

AI MEU DENTINHO!!!

BETERRABA TEM FERRO?

QUANDO A CRIANÇA ADOECE

ÁGUA NOS ALIMENTOS

NO COPINHO É BEM MELHOR!!

MAMADEIRAS DE PLÁSTICO SÃO PROIBIDAS NA EUROPA

O INÍCIO DAS PAPINHAS DO BEBÊ

COMO ORDENHAR E ARMAZENAR O LEITE MATERNO

FARINHAS NAS PAPINHAS

CAFÉ PARA AS CRIANÇAS? Talvez não seja uma boa ideia…

PRIMEIRAS PAPINHAS

RECEITAS PARA “LEITES” VEGETAIS

Read Full Post »

Os números de casos de Aids no Brasil continuam subindo, ainda que lentamente.

Nos dias de hoje, a transmissão mais freqüente ocorre através do relacionamento heterossexual, acarretando em constante crescimento nos números de mulheres infectadas.

Em 1985,  haviam 15 casos de homens para 1 de mulher. Em 2007, quase empatam: 1,5 homem para 1 de mulher.

Com o aumento da população feminina com a doença, subiram também os números de transmissão vertical.

Transmissão vertical é quando o bebê é infectado pelo vírus (HIV) ainda durante a gestação, o parto ou por meio da amamentação.

Entre  os anos de 2000 a 2009  (1º semestre), foram notificados 47.405 casos de gestantes com Aids.

O número de menores de 13 anos, HIV+, de 1980 a 2007, foi de 16.455.

Destes, 83% ocorreram pela exposição vertical.

Em menores de 5 anos, a Aids atingiu 10.739 casos, entre 1996 e 2009. Desse total, 5.526 casos registrados debebês menores de 1 ano.

Aids e amamentação materna

A maioria dos bebês de mães soropositivas para o HIV não apresentam sinais ou sintomas de infecção pelo vírus ao nascer.

Porém, a taxa de transmissão vertical pode chegar a 20% (a cada 100 crianças nascidas de mães infectadas, 20 podem tornar-se  HIV+).

Estudos estimam que o risco de transmissão do vírus pelo leite humano seja de 7 a 22%.

Por isso, alguns países, como o Brasil, decidem pela não amamentação por mulheres soropositivas para o HIV.

Mas não é por isso que seu bebê vai ficar sem leite materno!

Clique aqui:  DOAÇÃO DE LEITE MATERNO e informe-se sobre como receber LM em sua casa.

Quanto á alimentação e nutrição de crianças em risco de HIV/Aids, as orientações são próximas do que seriam para todas as outras crianças: alimentação saudável, repleta de frutas, verduras, legumes, grãos e sementes que deixam longe as doenças.

Mais:

Quando a criança adoece (sugestões de cuidados alimentares)

Alimentação para fortalecer o sistema imunológico

Alimentos fermentados para fortalecer o sistema imunológico

Probióticos para diarréia

CÓLICA E PRISÃO DE VENTRE

O inicio das primeiras papinhas

Leia no Google Books o Guia de Alimentação Infantil – Com dicas de cuidados para crianças especiais

(A autora é essa que vos fala. O livro aborda como alimentar as crianças e bebês quando assaltados por determinadas doenças respiratórias, gastrointestinais, etc.)

Download:

Guia Prático de Preparo de Alimentos para Crianças Menores de 12 Meses Verticalmente Expostas ao HIV.

Cartilha Alimentação e Nutrição para pessoas que vivem com HIV e AIDS

Para os maiores:

Por dentro do medicamento

(Cartilha com Jogo de memória em anexo – produzida pelo GIV – Grupo de Incentivo á Vida e Ass. François-Xavier Bagnoud do Brasil)

Jogo Zig-Zaids

Desenvolvido por pesquisadoras do Departamento de Biologia do Instituo Oswaldo Cruz/ Fiocruz

Fonte:

Boletim Epidemiológico Aids/DST_Ministério da Saúde – Secretaria de Vigilância em Saúde – Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais

 
 
Resumo: A fim de reduzir os riscos de transmissão vertical do HIV intra-útero/intraparto e eliminar o risco de tal transmissão por meio da amamentação, o MS edita este guia prático, auxiliando as mães a alimentar adequadamente seus filhos. Com orientações alimentares fartamente ilustradas, para auxiliar a compreensão, esta obra colabora também com o estabelecimento e o fortalecimento do vínculo afetivo mãe-bebê.

Read Full Post »

doces industrializados - refluxoALIMENTOS QUE PODEM AGRAVAR O REFLUXO

Alimentos gordurosos e oleaginosos: sementes, frutas e vegetais oleosos
Alimentos ácidos: cítricos, tomates, pimentas
Carnes com muitas nervuras ou cartilagem, pele, figado
Leite de vaca e outros de origem animal
Café, chocolate, cacau, chá preto, chá mate (a cafeína aumenta a produção dos ácidos gástricos)
Refrigerantes
Temperos
Menta, hortelã e afins
Sucos de frutas com alto teor de sorbitol (açúcar natural presente em algumas frutas como ameixas secas, pera e maçã)

Sucos artificiais com ácido cítrico, adoçantes artificiais ou açúcar

Maçã E mais:
Achocolatado, iogurte industrializado, gelatina artificial,  frituras, salgadinhos fritos, catchup, maionese, mostarda, macarrão instantâneo, frutas como maçã, pera, morango, acerola, maracujá, abacaxi ou carambola, salsicha, linguiça, salame, presunto, queijos amarelos e gordurosos, mussarela, creme de leite, mortadela, bacon, balas, chicletes, biscoitos, pipoca…
Fontes
Dr. Sears Official Website
Guia de alimentação Infantil – com dicas de cuidados para crianças especiais

Read Full Post »

Older Posts »