Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘farinha para mingau’ Category

 

bxp139096Há um contrassenso em sugerir que se engrosse os alimentos dos bebês com refluxo, ou dos prematuros baixo peso, com farinhas engrossantes, antes mesmo de se iniciar a alimentação complementar.

O uso de engrossantes de mamadeiras se iniciou com a Papa Epstein, feita com amido de milho (maizena).

Amido de milho causa constipação e cólicas no bebê.

A farinha industrializada de amido de milho (cremogema), possui niveis altissimos de açúcar refinado na sua composição. Não é indicada para menores de 7 anos.

Para substituir, podemos pensar em outras opções.

Muitos bebês tratados de refluxo possuem alergia ao leite de vaca e, geralmente, essas farinhas possuem leite de vaca ou traços,  o que pode piorar o problema, que segue mascarado pela medicação para RGE (azia e vômitos).

Em calorias, possui quantidade diária muito superior ao recomendado para bebês antes de 1 ano. Um apenas, não… 2, 3 e 4 …

Tabela com necessidades diárias por idade (Kcal)

Os mucilons possuem referência para acima de 2000 Kcal ao dia.

Levando-se em consideração o leite ou outros alimentos adicionados, as calorias sobem ainda mais.

É recomendado que não sejam fornecidos alimentos industrializados açúcar e doces aos bebês, por motivos fisiológicos.

Mucilon possui açúcar em quantidades superiores ao indicado para bebês e crianças até 4 anos.

Leia aqui: Apesar do rótulo errôneo, teste confirma que farinhas para mingau são impróprias para menores de 12 meses

Conforme o passo nº 8, dos  10 passos para alimentação da criança até 2 anos/OMS, devemos evitar açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinhos e outras guloseimas nos primeiros anos de vida.

A utilização de sal também deve ser muito moderada.

Veja: Sódio do Mucilon: 57mg em 21g

A Anvisa recomenda a ingestão de 225mg de Sódio ao dia, para crianças de 1 a 3 anos.

Some-se ao Sódio da farinha o Sódio do leite e outros alimentos.

Outro ponto é que as farinhas industrializadas são todas “enriquecidas” com vitaminas e sais minerais. Entretanto, leia aqui: Produto enriquecido pode ocultar alto teor de gordura, açúcar e sódio

Fonte

Bailey DJ, Andres JM, Danek GD, Pineiro-Carrero VM. Falta de eficácia da alimentação engrossada como tratamento para refluxo gastroesofágico . J Pediatr 1987 fevereiro; 110 (2) :187-9.

Baixe:

Dez passos para a alimentação saudável de crianças menores de 02 anos

Leia:
Receitas primeiras papinhas

Medidas dietéticas para tratamento do refluxo

Danoninho para bebês? Não pode, não!!

Bebês brasileiros consomem produtos industrializados em excesso

Obesidade infantil: a culpa é da mamãe?

Só pra variar: opções ao mucilon

(“Autoras” que copiaram essa postagem sem citar a fonte, agradeço a visita. Em retribuição coloquei o titulo igual ao que vocês deram às suas cópias).

Anúncios

Read Full Post »